Seu Parceiro Sofre de DE - Pharmaceuticals


Seu Parceiro Sofre de DE

Lembre-se, seu médico ou profissional da saúde é a única e melhor fonte de informações sobre você e sua saúde. Por favor consulte seu médico caso tenha dúvidas sobre sua saúde, os sintomas ou sua medicação.

Querido, não é você!

Existem inúmeros mitos e falácias sobre a "impotência", muitas associadas à neurose. Não admira que seja um assunto indesejável!

Até Hipócrates, o Pai da Medicina, descreveu a causa da impotência como sendo a preocupação com o trabalho ou a esposa pouco atraente. Hoje em dia sabemos mais a respeito. Sabemos que 80 a 90 porcento da impotência, atualmente denominada disfunção erétil (DE), pode estar associada a um quadro clínico subjacente ou a problemas físicos. E sabemos que Hipócrates não tinha ciência do quadro todo. A DE geralmente não se encontra em sua cabeça. Por outro lado, a DE pode abranger fatores psicológicos.

O corpo e a mente

Quando o homem começa a ter problemas de ereção, ele procura não se preocupar. Porém ao acontecer mais de uma vez, sua mente dispara e ele se pergunta o que está acontecendo. Pode se perguntar se está perdendo a libido e se sua parceira percebeu. Pode concluir logo pelo pior e pensar que será julgado, e que não é mais um "homem de verdade". Começa a ansiedade com a atividade sexual, e aí se inicia o círculo vicioso – insucesso – ansiedade - insucesso. Na continuação das dificuldades de ereção, o relacionamento fatalmente sofrerá. A boa comunicação pode ajudar na recuperação do trauma resultante da disfunção erétil. Se você precisar de ajuda, procure um conselheiro ou um especialista em terapia sexual.

Referência: O Macho Potente, Irwin Goldstein, MD, Regenesis Cycle Publishing, Inc, 1995.

Entendendo o sexo com êxito

Há necessidade de fatores físicos em funcionamento correto para ter e manter a ereção. Porém o sexo com êxito necessita de atitudes, emoções, e relacionamentos que realcem a função sexual. O homem precisa dos estímulos certos, que envolvem um ou uma combinação dos cinco sentidos. Com a idade, cada vez mais estímulo direto será necessário para o homem experimentar uma ereção. Logo, os parceiros precisam entender-se e saber como necessidades e desejos mudam com o decorrer do tempo.

Referência: O Macho Potente, Irwin Goldstein, MD, Regenesis Cycle Publishing, Inc, 1995.

Com funciona a ereção

Antes de falarmos das causas da disfunção erétil, examinemos o mecanismo da ereção.

Veja o que acontece na excitação sexual.

Ao ver, ouvir ou sentir alguma coisa "sexualmente estimulante", o cérebro envia sinais que relaxam a musculatura do pênis. Neste momento, dois tubos longitudinais do mesmo (denominados corpos cavernosos) enchem-se de sangue. O pênis aumenta e enrijece.

Ao expandirem-se, estes tubos exercem pressão nas veias que escoam o sangue do pênis. O sangue fica retido nos tubos e o pênis mantém-se ereto.

É importante entender o papel do fluxo sangüíneo na constituição e manutenção da ereção. Em muitos casos a Disfunção Erétil tem origem em outros quadros clínicos que limitam o fluxo sangüíneo em todo o corpo incluído o pênis.

O Ciclo de Resposta Sexual

A compreensão do ciclo de resposta sexual pode melhorar a satisfação com sua vida sexual.

O sexo é complicado. Para algumas pessoas, o sexo é um esforço. Para a maioria, há ocasiões que é ótimo e outras terríveis. Sua experiência com o sexo provavelmente mudou com o tempo, desde excitante e desejado, para mais confortável mas também pode tornar-se problemático. Isto pode causar confusão.

O Ciclo De Resposta Sexual Nas Mulheres
  • Quando a mulher se excita, sente pequenos pulsos no clitóris e umidificação da vagina (diagrama). A seguir com o aumento da excitação, a vagina se alonga. O coração bate mais forte, ela respira mais rápido e logo há uma seqüência de contrações prazerosas na bacia e um profundo sentimento de repouso e prazer (orgasmo). Algumas mulheres experimentam vários orgasmos. Estas sensações começam no cérebro, e as emoções e questões interpessoais têm muito a ver com a capacidade do cérebro de iniciar o processo.
O Ciclo De Resposta Sexual Nos Homens
  • Como nas mulheres, é o cérebro que identifica o objeto da excitação. Quando o homem se excita, o sangue flui para o pênis e o mesmo se enrijece. O coração bate mais forte e ele respira mais rápido. A seguir, a sensação se torna mais intensa, com ondas de contrações musculares que ocasionam a ejaculação. Logo, o pênis volta a seu volume normal. O homem precisa de tempo de recuperação antes de experimentar outra ereção e ejaculação. Falando sobre sexo—Derek Polonsky, MD, American Psychiatric Press, 1995

Preciso de ajuda! Podemos conversar?

Parece que as pessoas não falam muito de seus pensamentos, preocupações ou desejos relativos ao sexo. Tentar adivinhar as necessidades e desejos de seu parceiro pode ser um desafio. Na existência de um sentimento de confiança, respeito e segurança, será mais fácil falar aberta e honestamente. Ao tornar este fato uma prioridade, há uma boa probabilidade de recuperar a felicidade e o sentimento de bem estar que vocês merecem.

A conversa sobre sexo com seu parceiro incluiria falar de seus gostos, o que é bom e o que não é. A honestidade é importante, sem causar mágoas, e provavelmente haverá alguns meio termos. É preciso assumir alguns riscos. Você deve revelar a seu parceiro algumas coisas que manteve escondido. O humor às vezes ajuda faz uma enorme diferença se você for brincalhona e divertida. O exercício também ajuda.

As mulheres também sofrem de disfunção sexual

As dificuldades sexuais afetam 30 a 50 porcento dos casais. Quando o homem sofre de disfunção erétil, não é raro a parceira também sofrer de alguma disfunção sexual.

Ausência de libido
  • ocorrência em 10 a 15 porcento das mulheres. Possível origem na ansiedade, com bloqueio da capacidade da mulher de se excitar. Sem excitação não há a lubrificação, e a penetração pode se tornar dolorosa.
Dificuldade no orgasmo
  • ocorrência em 15 a 20 porcento das mulheres. Situação na qual a mulher ou jamais teve um orgasmo, ou somente o tem através da masturbação.
Ausência do orgasmo no ato sexual
  • ocorrência em cerca de 40 porcento das mulheres. Situação não indicativa de um problema. Pode ser uma simples questão de estimulação durante o ato sexual.
Ato sexual com dor
  • ocorrência em cerca de 5 porcento das mulheres. Geralmente causado por infecções, o tratamento atual é bastante eficiente.
Inibição da libido
  • ocorrência em cerca de 20 porcento das mulheres. Tudo funciona neste quadro, porém simplesmente não há interesse. As causas são complexas.

DE e Relacionamento

Mais informações sobre este tópico:

L.BR.GM.2012-07-03.0951

Ferramentas
.
Bayer Para Homens

http://pharma.bayer.com.br/pt/areas-terapeuticas/saude-de-a-a-z/disfuncao-eretil/disfuncao-eretil-relacionamento/parceiro-sofre-disfuncao-eretil/index.php

Copyright © Bayer Pharma AG

close